Header Ads

Seo Services

Pai Uzêda afirmou que Temer foi vítima de ‘trabalho de vodu, e da passe no presidente.


O presidente Michel Temer recebeu um passe de um homem que se identificou como pai de santo no palco da convenção nacional do PMDB. O babalorixá Pai Uzêda disse que fez um trabalho para eliminar uma "macumba" que tinha o objetivo de provocar a morte de Temer.
Temer foi recebido pelo pai de santo quando subiu ao palco do evento, em Brasília, nesta terça-feira (19). Ele abriu os braços enquanto o babalorixá passava folhas de guiné em seu corpo.
"Fizeram um trabalho de vodu contra o presidente Temer. Por isso que ele teve a doença", afirmou o pai de santo após o evento. "Jogaram pesado contra o presidente. O trabalho que foi feito contra o doutor Michel foi para ele morrer."
Pai Uzêda disse ter sido contratado pelo presidente e pela primeira-dama Marcela Temer para o serviço. Consultado, o Palácio do Planalto não comentou. A direção do PMDB afirmou não ter contratado o pai de santo.
O babalorixá afirmou que esteve no gabinete presidencial e na residência de Temer, no Palácio do Jaburu, para "defumar" o ambiente -quando ervas são queimadas para modificar a energia de um local.
"Foram encontrados quatro bonecos de macumba com o retrato do Temer e da cúpula do PMDB. Muita macumba contra ele, contra Rodrigo Maia [presidente da Câmara] e contra toda a cúpula do PMDB, o assunto é sério", declarou

Nenhum comentário