Header Ads

Seo Services

Ronny agradece declarações de apoio para sua reeleição à presidência da Casa.

Durante o horário do grande expediente na sessão ordinária desta terça-feira (08), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o presidente da Casa, vereador Reinaldo Miranda ( Ronny), usou a tribuna para agradecer as declarações de apoio feitas pelos seus pares para sua permanência na presidência. Ele também ressaltou que acredita e confia no apoio dos edis, mesmo algumas pessoas afirmando que as posições não têm garantia. “Gostaria de agradecer ao vereador Eli e todo o grupo da IURD. Fiquei honrado e feliz em conversar com o coordenador político da IURD, deputado Sidelvan Nóbrega, e ouvir dele que a intenção do grupo PRB é a permanência do vereador Ronny na presidência desta Casa. Quero aproveitar a oportunidade e deixar claro de que nunca disse a nenhum colega da oposição que seria candidato se não fosse com o apoio do prefeito. Quando Nery me perguntou se eu era o candidato do prefeito, eu respondi positivamente. Mas, sei que eles não estão votando no governo, e sim em um amigo, pois reconhecem o tratamento que receberam em nossa gestão”, agradeceu Ronny. O edil lembrou que na ocasião em que foi eleito presidente da Casa teve votação favorável, inclusive dos vereadores de oposição. “Fui o único na história de Feira de Santana a ter todos os votos dos vereadores de governo e oposição. Se estou aqui é porque tive a confiança dos meus colegas e meus eleitores. E hoje fico feliz em saber que tenho o apoio de seis vereadores novos, inclusive o de Zé Filé, que é oposição. Mas também fico triste em ver pessoas menosprezando os vereadores eleitos, dizendo que eles não têm poder de decisão. Eu não faço política dessa forma”, ressaltou. Ronny afirmou que muito do que hoje sabe deve ao colega Carlito do Peixe e que procura olhar para frente com pessoas que plantam o bem. Ele levantou também o nome do colega Correia Zezito (PSL), que, apesar de expressiva votação, não galgou a reeleição. Em seguida, o presidente garantiu que jamais duvidará da palavra de um colega vereador. “Jamais vou duvidar da palavra de um vereador e respeito essas pessoas que dizem que declaração na tribuna não é voto. Lembro-me bem na época em que Justiniano era presidente e se reuniu comigo e Carlito e me declaram apoio dizendo que aquele era meu momento”, revelou. Nesta oportunidade, Ronny descreveu um pouco da sua relação com o vereador Justiniano França (DEM). “Estou vivenciando o que vivencie há dois anos, quando quiseram colocar Justiniano contra mim e eu contra ele, mas não vão conseguir, porque minha relação com ele ultrapassa os limites da política e jamais conseguirão acabar com isso. Fiquei muito feliz em ouvir dizer que Eli Ribeiro está no caminho certo declarando apoio a mim. Ele é meu amigo particular, independentemente de votar ou não em mim no dia da eleição. Já trouxeram muitas conversas de que ele não estaria comigo, mas nossa amizade está além disso”, garantiu. Para o presidente da Câmara, palavra dada é palavra assumida e o edil que não tem compromisso com o que fala na tribuna também não tem compromisso com seus eleitores. “Eu acredito nas declarações que meus colegas fizeram e sei que manterão no dia da votação, que é feita no painel. Eu desafio qualquer um a dizer se eu bati na porta de alguém para pedir votos. E se hoje sou candidato é porque tenho o apoio do prefeito José Ronaldo”, reiterou.

Nenhum comentário